Publicação

Voltar

abr
08

Pesquisa mostra como conselhos de administração podem melhorar atuação

A sócia do WFaria Advogados, Bia Kowalewski , head das áreas de governança e M&A, integrou o grupo de especialistas responsável pela Pesquisa do IBGC sobre a percepção dos profissionais de companhias abertas acerca do informe sobre o Código Brasileiro de Governança Corporativa, divulgado hoje e que se encontra em anexo.

- A maioria das empresas admitiu que o preenchimento levou ao aprimoramento das práticas de governança corporativa, o que é excelente! Outra informação importante é a percepção das áreas da empresa é que ainda há espaço para que o Conselho melhore a sua atuação no processo do informe (53,8% dos entrevistados acreditam que o conselho de administração tem nenhum ou baixo envolvimento na elaboração do informe).

Os objetivos da pesquisa foram avaliar a percepção e o envolvimento dos profissionais das companhias abertas acerca do informe e entender melhor o seu processo de elaboração e revisão; obter dados numéricos e comentários dos profissionais de companhias abertas para embasar eventuais propostas de aprimoramento do processo de elaboração dos informes.

Os dados foram coletados em dezembro de 2020 por meio de questionário online endereçado a membros de conselhos de administração, comitês de assessoramento e diretorias e a profissionais das áreas de relações com investidores (RI), jurídica e de controle e fiscalização de companhias abertas listadas na B3 (público-alvo). Foram utilizadas as bases de contatos da B3, do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) e do Instituto Brasileiro de Relações com Investidores (IBRI).